Corso de Carnaval 2018

Escrito por M.L. ligado .

CartazCarnaval2018 395 x 600
 
À semelhança de anos anteriores, realizou-se na  sexta-feira, entre as 10h00 e as 11h30, o tradicional corso carnavalesco. A iniciativa contou com a colaboração da Associação de Pais e Encarregados de Educação e das Juntas de Freguesia.
O percurso teve início na Rua Pintor José de Brito, junto ao Pavilhão Gimnodesportivo, seguindo pela Rua do Grupo Folclórico até ao Restaurante Camelo e regressando à escola sede pela Estrada Nacional 202.
 
 
WORLD READ ALOUD DAY 2018
 
wradskypeOs alunos Luís e Carolina, do 8.º B, participaram na iniciativa World Read Aloud Day 2018. Esta iniciativa junta alunos de todo o mundo, que leem uns para os outros. O vídeo produzido foi partilhado através do Twitter, em duas iniciativas a nível mundial, uma organizada pela Microsoft Educator Community e outra pela ONG LitWorld. A atividade foi organizada pela Biblioteca Escolar, com a colaboração da professora Carla Valinho, de Inglês.
Rui Carvalho

Conselho Eco-Escolas da Pintor

Escrito por M.L. ligado .

No passado dia 20 de fevereiro, realizou-se a reunião do Conselho Eco-Escolas da Pintor. Pelo oitavo ano letivo consecutivo, verificou-se a adesão ao Programa Eco-Escolas, iniciativa da responsabilidade da Associação Bandeira Azul da Europa no âmbito da Foundation for Environmental Education (FEE), extensivo a inúmeras escolas europeias.

Ler mais...

 Elvira Cunha
 
GIL VICENTE NO CARNAVAL
 
imagem para siteAs turmas A e D do 9º ano participaram nos corsos carnavalescos realizados no Agrupamento de Escolas Pintor José de Brito e em Viana do Castelo, nos dia 09 e 11 de fevereiro, respetivamente, com a exibição/interpretação de algumas personagens da obra de Gil Vicente, “O Auto da Barca do Inferno”. 
Esta atividade foi o resultado do trabalho colaborativo realizado no âmbito das disciplinas de Português, Geografia, Francês e Educação Visual, para além disso, trabalhou-se a noção de segurança no trabalho relacionado com a profissão das diversas personagens do auto tendo em conta o trabalho de projeto Riscos inserido no projeto ACT do Agrupamento. De realçar que se contou com a colaboração ativa dos Encarregados de Educação, quer na concepção/elaboração dos fatos e adereços quer no acompanhamento dos alunos. 
Angela Menezes
 
VISITA DE ESTUDO AO PORTO
 
9 porto
 
No âmbito das disciplinas: Português, História e Geografia, as turmas 9ºano (A,B,C,eD) realizaram, no passado dia 26 de janeiro, uma visita de estudo ao Porto,  fizeram o «Cruzeiro das seis pontes» e assistiram à representação da peça «Auto da Barca do Inferno»  de Gil Vicente. Em ambas as atividades, os alunos demonstraram muito agrado, onde enriqueceram os seus conhecimentos sobre o Patrimonial Material da Humanidade, assim como no conhecimento e importância do teatro vicentino.
Conceição Matos

Orçamento Participativo

Escrito por Gil Costa ligado .

opeORÇAMENTO PARTICIPATIVO DAS ESCOLAS DÁ VOZ AOS ALUNOS

Em resultado da criação do Orçamento Participativo das Escolas pelo XXI Governo  de Portugal, no ano letivo anterior, anunciado no âmbito do Conselho de Ministros temático, os alunos do 3.º ciclo e do ensino secundário vão poder propor e decidir, de forma democrática, quais as melhorias a introduzir nesta Escola Básica e Secundária Pintor José de Brito.

Exposição na Biblioteca

Escrito por M.L. ligado .

exphist7
 
Está patente na Biblioteca uma exposição, subordinada ao tema Do Paleolítico ao Neolítico", realizada pelos alunos das turmas do 7º ano de escolaridade, no âmbito da disciplina de História. Esta atividade teve como objetivo potenciar o sucesso educativo dos alunos, permitindo a expressão plástica dos conhecimentos adquiridos e consolidar as aprendizagens realizadas nas aulas.
Parabéns a todos pelo empenho e criatividade!
Claudia Silva

"Janeirinhas"

Escrito por M.L. ligado .

janeirinhas 
Os meninos do Centro Escolar de Santa Marta de Portuzelo vieram à Pintor cantar "As Janeiras" e encantaram todos os presentes.
Esta tradição está associada à quadra natalícia e representa os peditórios cantados na noite de Natal, de Ano Novo e de Reis. Segundo os historiadores, será uma herança provável dos romanos, que no mês devotado ao deus Jano, entoavam cânticos para receber dádivas. A tradição pode ainda remontar a outras celebrações pagãs em que eram pedidas ou oferecidas dádivas no início do ano comum, símbolo de bom augúrio, quer para quem as pedia, quer para quem as doava.
M.L.
Selo Segurança Digital

Contactos

Telefone: 258 839 160
Fax: 258 830 037

Rua José de Brito
4925-062 Viana do Castelo

Email a.pjbrito@gmail.com